CONTRIBUIÇÃO DA CERTIFICAÇÃO DO MANEJO FLORESTAL NO SETOR DE CELULOSE E PAPEL EM RELAÇÃO AOS ASPECTOS SOCIAIS E AMBIENTAIS

Nome: Tharcia Ribeiro Batista
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 26/08/2014
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Adriano Ribeiro de Mendonça Orientador
Gilson Fernandes da Silva Co-orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Adriano Ribeiro de Mendonça Orientador
Clovis Eduardo Nunes Hegedus (Alegre) Coorientador
José Franklim Chichorro Examinador Interno
Wendel Sandro de Paula Andrade Examinador Externo

Resumo: BATISTA, Tharcia Ribeiro. Contribuição da Certificação do Manejo Florestal no Setor de Celulose e Papel em Relação aos Aspectos Sociais e Ambientais. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) Universidade Federal do Espírito Santo, Jerônimo Monteiro, ES. Orientador: Prof. D.Sc. Adriano Ribeiro de Mendonça. Coorientadores: Prof. D.Sc. Clovis Eduardo Nunes Hegedus; Prof. D.Sc. Gilson Fernandes da Silva.

A certificação do manejo florestal é um sistema que atesta que os produtos cumprem rigorosos padrões e normas que consideram aspectos sociais, econômicos e ambientais. O objetivo da pesquisa foi verificar quais princípios de certificação florestal do Forest Stewardship Council FSC® obtiveram maior frequência de não conformidades e averiguar a tendência de melhorias nos indicadores de sustentabilidade dos empreendimentos do segmento de celulose e papel. Os dados foram coletados em sítios eletrônicos, em três etapas: i) da Associação Brasileira de Celulose e Papel BRACELPA, para levantamento das empresas do setor que possuíam a certificação florestal FSC®; ii) do FSC®, para obtenção dos relatórios de certificação; iii) das empresas, para obtenção de uma série histórica de relatórios de sustentabilidade. Os indicadores de sustentabilidade analisados foram: taxa de rotatividade, salários mínimos, índice de desenvolvimento humano municipal e preservação ambiental. O princípio 4 - Relações comunitárias e direitos dos trabalhadores, princípio 6 - Impacto ambiental e o princípio 8 - Monitoramento e avaliação foram críticos para o setor de celulose e papel, compondo os desafios que foram adequados nos aspectos sociais e ambientais. Os indicadores de sustentabilidade, quando comparados com os dados estatísticos brasileiros, apontam que os aspectos socioambientais demonstraram tendência de melhoria. Conclui-se que a certificação florestal FSC® teve influência na melhoria dos aspectos sociais e ambientais do setor de celulose e papel, para o período analisado, porque tais aspectos demonstraram tendência de cresciment

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910