DIVERGÊNCIA GENÉTICA BASEADA EM CARACTERÍSTICAS JUVENIS E STATUS NUTRICIONAL DE CASTANHAS DE SAPUCAIA (LECYTHIDACEAE)

Resumo: A sapucaia, Lecythis pisonis Cambess. (Lecythidaceae), é uma espécie nativa do Brasil com potencial uso não madeireiro, uma vez que produz castanhas comestíveis e nutritivas, com minerais e vitaminas, sendo considerada uma potencial fonte energética, proteica e com possibilidade de apresentar níveis adequados de selênio na sua composição, o que a faz uma forte competidora de mercado com macadâmia e castanhas de caju e do Brasil. A propagação das lecitidáceas, em geral, é seminífera, entretanto, em algumas espécies é observado um impedimento físico no tegumento retardando a germinação. Além da dormência tegumentar, as sementes de sapucaia apresentam curta viabilidade. Dessa forma, o estudo morfofisiológico e o status nutricional (selênio) de vários genótipos são relevantes para caracterizar a espécie. O objetivo do presente trabalho é analisar a diversidade genética por meio de características juvenis de sapucaia (L. pisonis). Para isso as sementes serão coletadas da região norte do Espírito Santo, de vinte a trinta matrizes, e montados dois experimentos, o primeiro para avaliar o comportamento morfofisiológico e a análise de raios x em sementes de genótipos de sapucaia e o segundo para analisar o status nutricional e selênio de genótipos de sapucaia. A coleta dos dados consistirá nas características comprimento, largura, espessura, massa, volume, densidade, teor de extrativos e lignina no tegumento das sementes e emergência. Os dados dos experimentos serão interpretados estatisticamente por meio de análise de variância e teste F, teste de agrupamento de médias (Teste de Scott-Knott a 5% de probabilidade) com auxílio do software Genes. Será utilizada a distância generalizada de Mahalanobis como medida de dissimilaridade e o método de otimização de Tocher. Será feita a contribuição relativa dos caracteres para a divergência genética e a correlação fenotípica dessas características. Com essa pesquisa espera-se a obtenção de um ou mais genótipos superiores quanto ao teor de selênio e nutrientes nas castanhas e seu percentual de emergência para a propagação do mesmo.

Data de início: 2016-09-16
Prazo (meses): 16

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Thuanny Lins Monteiro Rosa
Colaborador José Carlos Lopes
Coordenador Rodrigo Sobreira Alexandre
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910