Diferentes graus de refino de fibras celulósicas nas propriedades tecnológicas de painéis aglomerados

Resumo: Os painéis aglomerados de madeira são produtos que, além de minimizarem os fatores limitantes da madeira, como a anisotropia e a restrição das dimensões, são de baixo custo e podem ser produzidos por uma gama de materiais lignocelulósicos. As nanoceluloses vêm sendo foco de estudo em diversos segmentos industriais, por apresentarem elevada resistência mecânica, serem biodegradáveis e provenientes de fontes renováveis. Em painéis aglomerados, as nanoceluloses podem ser eficazes como um componente físico, modificando suas propriedades mecânicas. Neste contexto, o objetivo deste trabalho é avaliar o efeito de diferentes graus de refino de fibras celulósicas nas propriedades físico-mecânicas de painéis. Para tal, aglomerados serão confeccionados com partículas de Pinus caribea var caribea, diferentes adesivos (ureia formaldeído, tanino formaldeído e composições dos dois) e diferentes percentuais de fibras de celulose em três graus de refino. As propriedades físico-químicas dos adesivos (viscosidade, tempo de gel, densidade, pH e capacidade tampão) e das partículas (densidade, teor de extrativos, cinzas, lignina e pH) serão determinadas. As fibras de celulose serão caracterizadas morfologicamente por meio de microscopia eletrônica de transmissão, de força atômica e de varredura. Os painéis aglomerados serão submetidos a testes físico-mecânicos (densidade aparente, densitometria de raios x, absorção de água, inchamento em espessura, flexão estática (MOR e MOE), tração perpendicular (ligação interna), resistência ao arrancamento de parafuso (topo e face), dureza Janka, e emissão de formaldeído). Os painéis serão avaliados ainda quanto à emissão de formaldeído. Nesta perspectiva, espera-se conhecer a morfologia das fibras de celulose e se estas, em função do percentual e grau de refino, influenciam nas propriedades tecnológicas dos painéis.

Data de início: 2019-10-03
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem crescente Nome
Pesquisador Jordão Cabral Moulin
Coordenador Fabricio Gomes Gonçalves
Aluno Doutorado Izabella Luzia Silva Chaves
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910